JORNAL HOJE (SP) • NOTA COBERTA • 20/1/2010 • 13:15:00 • GLOBO

 

 

 

Os militares saíram da da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro. Os homens vão ajudar na Missão de Paz no país.

 

Viajaram também dois médicos brasileiros e 31 militares do Paraguai, que vão ficar subordinados ao Exército do Brasil.

 

O grupo vai substituir os militares que voltarão do Haiti nos próximos dias.

 

Para homenagear a médica Zilda Arns, uma das vítimas do terremoto, o arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, celebrou uma missa hoje de manhã.