O bebê mostra que conhece as pessoas que estão sempre com ele? 

O que as pesquisas trazem de novidade?

No final de 2016, a revista científica The Lancet, uma das principais e mais conceituadas do mundo, publicou uma série de estudos sobre o desenvolvimento infantil. Ela trouxe as descobertas mais recentes sobre o assunto e destacou a importância da atenção integral às crianças como forma de melhorar o futuro de um país. Neste texto, vamos entender como podemos contribuir e colocar em prática as evidências destacadas pelos estudos.

É nessa fase que o cérebro humano se desenvolve e responde mais rápido a qualquer estímulo. Essa é também, a fase mais sensível aos fatores de risco, ou seja, qualquer problema que ocorrer, pode gerar repercussões para o resto da vida da criança. Durante os primeiros anos deve ser dado maior atenção aos cuidados, mas estes devem persistir durante toda a infância e adolescência. Assim teremos adultos com maior capacidade e melhor saúde, e seus filhos também terão mais oportunidades de desenvolvimento.

“A criança precisa de carinho, paciência, muito amor e cuidados físicos. Então, nesse caso o pessoal deve ser bem calmo, pega a criança no colo, fala, canta. Tudo com amor, pra deixar a criança feliz.”   ( Dra. Zilda  Arns Neumann)  

Quando alguém faz barulho atrás do bebê, ele vira a cabeça à procura do barulho? 

Importância do ambiente favorável

“Quando as crianças são bem cuidadas e amadas, desde a concepção, com boa assistência médica durante a gestação e o parto, amamentadas com o leite sagrado de suas mamães, quando elas brincam e as suas famílias e a comunidade  dão valor aos brinquedos e brincadeiras; quando todos os dias a família se reúne por alguns momentos, reza e canta com elas; as crianças vão crescendo em tamanho, sabedoria (Lc. 2,52)”. Dra. Zilda Arns Neumann

Quando falamos em desenvolvimento, estamos falando de mudanças que são possibilitadas por cuidados, atenção, relações e atividades que são oferecidas ao bebê desde a gestação e que continuam por toda a vida. É por meio de um ambiente favorável que a criança encontra as condições e oportunidades para se desenvolver. Os adultos, na família e na comunidade, são responsáveis por criar e promover ambientes saudáveis para as crianças.

IMPORTANTE:

  • Cada criança tem um jeito próprio de responder as condições e oportunidades que recebe.
  • As oportunidades permitem que as crianças realizem conquistas, aprendam novas habilidades e se desenvolvam.
  • É preciso oferecer oportunidades para que as crianças possam escolher suas brincadeiras.
  • Brincando com outras crianças elas desenvolvem a imaginação, interagem umas com as outras e elevam a sua autoestima.
  • A criança precisa superar os medos, enfrentar desafios e construir autonomia.
  • Sempre é possível recuperar alguma falha na oferta de oportunidades. Será preciso mais esforço da família e da comunidade para que cada criança e adulto conquiste o que merece.

Sugestão: Programa de Rádio Viva a Vida que aborde o desenvolvimento infantil.

Os pais animam o bebê a tentar pegar as coisas que colocam perto dele?

Importância do desenvolvimento infantil

Quando falamos em desenvolvimento infantil, qual é o primeiro pensamento que vem a mente? O engatinhar, o andar, o falar, entre outras, são habilidades adquiridas pelas crianças ao longo do tempo e que fazem parte do desenvolvimento. Mas há muito mais aspectos para considerar.

O desenvolvimento infantil pode ser definido como um processo de amadurecimento das diversas aptidões e habilidades e que dependem da interação das crianças com outras pessoas. Este processo envolve aprender e dominar habilidades como sentar, andar, falar, pular, fazer amigos, se comunicar, memorizar, raciocinar, compreender, perceber, entre outras.

Quando alguém coloca o bebê sentado, com apoio, ele consegue ficar nessa posição? 

 
 
 
 

O bebê não pode ser deixado sozinho em lugares de onde possa rolar e cair. É preciso cuidar também para não deixar perto dele coisas perigosas, como sacos plásticos, pois ele pode se engasgar e sufocar.



 



Quando a família têm bebê em casa, precisa tomar alguns cuidados, para evitar acidentes, com medidas de prevenção simples, como por exemplo:

  • Na troca de fraldas, uma mão deve ser mantida segurando o bebê em toda a troca;
  • É preciso ter um adulto sempre perto do bebê. Nunca deixe o bebê sozinho em mesas, sofás, cadeiras ou camas;
  • Próximo ao bebê não deixar objetos pequenos como: botões, sementes, tampinhas, ele pode colocar no ouvido, no nariz ou na boca.

O bebê precisa de muita atenção, cuidado dos pais e de todos os familiares. 

Você está aqui: