O Líder da Pastoral da Criança  

A espinha dorsal de todo o trabalho da Pastoral da Criança é o líder comunitário. Décadas de experiência mostram que o perfil de líder mais adequado reúne as seguintes características:
1 - É voluntário.
2 - Foi capacitado no Guia do Líder.
3 - Seja alfabetizado ou conte com apoio de um alfabetizado.
4 - More na comunidade ou muito próximo a ela – inicialmente, é possível contar com pessoas de outras comunidades até que se forme um grupo local.
5 - Acompanhe gestantes e até 15 crianças pobres, menores de seis anos, e suas famílias (mães e pais).
6 - Esteja disponível para realizar atividades prioritárias do líder da Pastoral da Criança:
     · Visita Domiciliar;
     . Celebração da Vida;
     . Reunião para Reflexão e Avaliação (RRA) .
7 - Conheça a realidade da comunidade.
8 - Tenha o material educativo básico da Pastoral da Criança.
9 - Possua um perfil em que se destaquem as características de saber ouvir, observar, acatar, ser simpático e solidário, além da vontade de participar na melhoria das condições de vida das famílias pobres.
10 - Tenha a capacidade de somar esforços e compartilhar.
11 - Procure promover o desenvolvimento integral das crianças, tendo como resultados esperados a redução da desnutrição, da obesidade, da mortalidade infantil e outros indicadores (Indicadores do AppVisita ou FABS). 

Conselho do Papa Francisco sobre Visita Domiciliar:   

Encontre os pobres lá onde estão. 
Não podemos ficar à espera que batam à nossa porta; é urgente ir ter com eles às suas casas, aos hospitais e casas de assistência, à estrada e aos cantos escuros onde, por vezes, se escondem, aos centros de refúgio e de acolhimento… 
É importante compreender como se sentem, o que estão a passar e quais os desejos que têm no coração.
Papa Francisco (Mensagem para o V  Dia Mundial dos Pobres)

Conselho do Papa Francisco sobre Celebração da Vida*:   

Ninguém é tão pobre que não possa dar algo de si na reciprocidade.
Os pobres não podem ser aqueles que apenas recebem;
devem ser colocados em condição de poder dar, porque sabem bem como corresponder.

Papa Francisco (Mensagem para o V  Dia Mundial dos Pobres)

* Uma maneira de valorizar o conhecimento e a participação dos pais, gestantes e familiares é convidá-los a realizar alguma atividade da qual eles gostem, como fazer a oração inicial ou de agradecimento, trazer um tema para a conversa com os outros pais, propor uma brincadeira para as crianças, preparar alguma receita para o lanche ou trazer algumas frutas que tem no quintal de casa. 

Compete ao coordenador de comunidade

   · Organizar a Reunião para Reflexão e Avaliação (RRA);
   · Caso a comunidade ainda tenha líderes sem o AppVisita, assinar a FABS e enviá-la por foto diretamente para a Coordenação Nacional.
               · lembrar de fotografar as folhas preenchidas, frente e verso, e encaminhar para o WhatsApp número (41) 98863-0411.

   · Encaminhar ao Coordenador Paroquial os problemas que não puderam ser resolvidos na comunidade;
   · Solicitar materiais educativos ao coordenador paroquial. Por exemplo: colheres medidas, Laços de Amor;
   · Votar para indicar a lista tríplice para coordenador paroquial;
   · Avaliar a cada três meses com os líderes o relatório de estágio de evolução.

 

 

Você está aqui:
Você está aqui: