Saúde do bebê

  • Bebês prematuros: quais os cuidados que devemos tomar para a segurança dos bebês e das mães?

    1395 bebes que nascem prematuros bebe na incubadora entrevista

    Foto: Victor Ramos

    Os bebês prematuros tem sido cada vez mais comuns, devido a cesarianas e alguns hábitos dos pais, além de fatores genéticos. Apesar de todo o apoio médico e tecnológico, os riscos ainda são grandes e é preciso muito cuidado tanto com a mãe quanto com o bebê nesses casos.

    Para falar sobre isso, a Regina Reinaldin, Enfermeira da Pastoral da Criança, deu algumas dicas e avisos sobre bebês prematuros e como garantir a segurança dele.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Composição do leite materno

    Durante os primeiros 6 meses de vida do bebê, recomenda-se que o aleitamento materno seja exclusivo. Isso mesmo, só o leite materno, sem chás, sem água, sem sucos, sem outros leites e sem qualquer outro tipo de alimento líquido ou sólido. 

    O leite materno é composto por todas as vitaminas e minerais, além de células de defesa, que o bebê precisa para crescer forte e saudável. 

    Veja abaixo a composição do leite materno:

    Composição do leite materno (100ml)

    Energia - 70 kcal

    Proteína - 1,1 g

    Caseína: albumina - 40:60

    Lipídios - 4,2g

    Carboidrato - 7g

    Vitamina A - 190 mcg

    Vitamina D - 2,2 mcg

    Vitamina E - 0,18 mg

    Vitamina K - 1,5 mcg

    Vitamina C - 4,3 mg

    Tiamina - 16 mcg

    Riboflavina - 36 mcg

    Niacina - 147 mcg

    Piridoxina - 10 mcg

    Folato - 5,2 mcg

    Vitamina B12 - 0,03 mcg

    Cálcio - 34 mg

    Fósforo - 14 mg

    Ferro - 0,05 mg

    Zinco - 0,3 mg

    Água - 87,1 ml

    Sódio - 0,7 mEq

    Cloro - 1,1 mEq

    Potássio - 1,3 mEq

    Minerais

    Leite materno contém:

    - 34.00 mg de cálcio 

    - 0.05 mg de ferro 

    - 0.00 mg de magnésio 

    - 14.00 mg de fósforo 

    - 11.00 mg de potássio 

    - 17.00 mg de sódio 

    Vitaminas

    Leite materno contém:

    - 0.06 mg de vitamina A (retinol ou caroteno) 

    - 0.04 mg de vitamina B1 (tiamina, Aneurin) 

    - 0.04 mg de vitamina B2, ou riboflavina 

    - 0.02 mg de vitamina B6 ou piridoxina 

    - 5.00 mg de vitamina C ou ácido ascórbico 

    - 0.24 mg de vitamina E ou tocoferol 

    Fonte: http://world-population.net/food/pt/k111k26

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Os riscos do uso de substâncias perigosas na gestação

    1390 drogas mulher de olhos fechados

    Foto: Pixabay

    Um mundo livre das drogas ou de qualquer outra realidade que possa provocar algum mal ao ser humano é o maior sonho que temos. No entanto, a realidade de hoje é bem diferente do que gostaríamos que fosse. O que dizer de um feto que fuma, bebe e consome drogas porque sua mãe fuma, bebe e consome drogas? É importante que a gestante saiba sobre as consequências do uso de drogas na gestação. As drogas, além de prejudicarem o desenvolvimento do bebê, podem criar nele dependência desde o nascimento.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Infecções respiratórias nas crianças

    1391 as ites nas criancas crianca doente entrevistado

    Foto: Freepik

    As infecções respiratórias agudas ainda causam muito sofrimento e morte entre as crianças, principalmente entre as menores de um ano de idade. As infecções respiratórias agudas são doenças que se espalham com facilidade, passando de uma pessoa para outra e podem dar mais de uma vez na mesma criança. E a pneumonia faz parte das infecções respiratórias agudas e pode ser muito perigosa.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Diarréia e vômito: cuidado e atenção!

    1375 vomitos e diarreias entrevista

    Foto: Susan Beattie

    Você sabe o que fazer quando a criança está com diarreia e vômito? Esse quadro, que pode ser leve e com duração rápida, assusta muitos pais, pois pode se agravar, levando os pequenos a desidratação e a perda de nutrientes.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Diarreia e vômito: o que são, como cuidar e evitar

    1375 vomitos e diarreias outors

    Foto: Freepik

    Você sabia que o vômito e a diarréia estão entre os problemas mais comuns da infância, sendo responsáveis por boa parte das queixas em consultas pediátricas e internações? O início repentino e a forma como debilita a criança, deixando-a mais fraquinha e pálida, assusta muitos pais.

  • Medicamentos e a amamentação

    É muito frequente o uso de medicamentos e outras substâncias por mulheres que estão amamentando. A maioria é compatível com a amamentação; poucos são os fármacos formalmente contraindicados e alguns requerem cautela ao serem prescritos durante a amamentação, devido aos riscos de efeitos adversos nos lactentes e/ou na lactação. No entanto, com frequência, os profissionais de saúde recomendam a interrupção do aleitamento materno quando as mães são medicadas, muitas vezes porque desconhecem o grau de segurança do uso das diversas drogas (também referidas como medicamentos ou fármacos) durante o período de lactação.

    Por isso, cabe ao profissional de saúde, antes de tomar qualquer decisão, buscar informações atualizadas para avaliar adequadamente os riscos e os benefícios do uso de uma determinada droga em uma mulher que está amamentando (página 7 do estudo em anexo).

    Saiba mais sobre esta orientação (pdf).

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Diarréia e o vômito: cuidado com a desidratação!

    1375 vomitos e diarreias cpf

    As crianças são mais vulneráveis aos vômitos e diarréias, principalmente durante o verão, período em que  aumentam as chances de pegar uma virose gastrointestinal e até mesmo, intoxicação alimentar, devido a dificuldade de manter o alimento na temperatura correta, favorecendo a multiplicação de diversos microrganismos, como as bactérias.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    As faces da violência: a criança

    1376 campanha da fraternidade cpf

     Foto:  Freepik

    A pobreza é uma das piores formas de violência que uma criança pode enfrentar, sendo uma dura realidade para todos aqueles que sofrem com a miséria diariamente. Segundo dados das Nações Unidas, a pobreza atinge 1 bilhão de crianças no mundo, sendo a causa da morte de pelo menos 17 mil crianças e jovens todos os dias e, por conta dela, 61 milhões de crianças, em dezenas de países, estão fora da escola.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Desenvolvimento infantil

    líder pintando com crianças

    Foto: Marcello Caldin

    Você já percebeu o quanto as crianças são curiosas e estão sempre aprendendo coisas novas? Esse mundo de descobertas é chamado de desenvolvimento infantil, processo que a criança vive desde o seu nascimento e que engloba aspectos físicos, sociais, emocionais e cognitivos para aquisição do conhecimento e das habilidades que ela precisará em toda a sua vida.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Palavra de especialista: Dormir de barriga para cima é mais seguro

    1357 domir debarriga para cima cpf

    Foto: Acervo da Pastoral da Criança

    De barriga para cima é a maneira correta e mais segura dos bebês dormirem no primeiro ano de vida. Segundo os estudos do Centro de Pesquisas Epidemiológicas da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e campanhas divulgadas nos Estados Unidos e Europa, o simples fato de colocar o bebê nessa posição pode reduzir em mais de 70% o risco de morte súbita.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Bebês e os cuidados na hora de dormir

    1357 domir debarriga para cima outros assuntos

    Foto: Freepik

    A causa da morte súbita ainda é um mistério, mas alguns fatores aumentam o risco. Por isso, é fundamental seguir algumas orientações de prevenção:

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Dormir de barriga para cima reduz os riscos de morte súbita

    domir debarriga para cima

    Foto: Acervo da Pastoral da Criança

    Você já ouviu falar de bebês que morrem de repente? Esses casos são exemplos da Síndrome da Morte Súbita do Lactente, também conhecida como morte do berço, aquela que acontece de forma inesperada. Isto é, quando um bebê saudável morre sem nenhuma explicação aparente.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Pais separados e as crianças

    pai e mãe de mãos dados com bebê

    Foto: StockSnap

    A separação é um processo delicado para o casal e para as crianças. Devemos lembrar que os pequenos absorvem todas as emoções a sua volta, percebem a alegria, a tristeza, a ansiedade e a insegurança, por esse motivo é necessário cuidar e preservar o bem estar físico e emocional dos filhos.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Carinho e conversa para identificar o choro do bebê.

    1354 comunicacao do bebe cpf

    Foto: Carlos Alberto Melo Florián

    “O choro é a única forma que o bebê tem para se comunicar quando é pequeno.” É isso mesmo Leani Scheneider Lutz, coordenadora da Pastoral da Criança na Diocese de Toledo (PR). Por isso, ter paciência e saber que é possível sim, identificar o choro dos pequenos.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Choro: a comunicação do bebê

    Mãe com bebe chorando

    Foto: Acervo da Pastoral da Criança

    O bebê recém-nascido ainda não sabe falar. Mas, como ela vai dizer para a sua mãe ou pai que está com fome, que precisa ser troca, está cansado, com cólica, sede, frio ou calor, que se sente só ou que é um dentinho está começando a nascer? A resposta é simples: ele chora.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Semana Mundial da Amamentação: todos juntos pelo bem comum!

    Mães amamentando juntas

    Foto: Marcello Caldin

    A partir do dia 1º de agosto, a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação (Waba) – uma iniciativa que surgiu nos anos 90, da união entre a Organização Mundial de Saúde e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) – celebra mundialmente a 25ª edição da Semana Mundial da Amamentação. Em 2017, o tema central é a construção de alianças para proteger o aleitamento materno, pelo bem comum, todos juntos, sem conflitos de interesses.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Aleitamento materno após o primeiro ano de vida

    1341 aleitamento materno apos um ano

    Foto: Freepik

    Uma amamentação prazerosa, com olhos nos olhos e o contato contínuo, fortalece os laços afetivos entre mãe e filho. Esse processo de profunda interação reflete na saúde da criança a longo prazo, assim como em seu estado nutricional, sistema imunológico, desenvolvimento intelectual e emocional. “Diversos estudos científicos confirmam que os efeitos positivos do aleitamento materno sobre a inteligência persistem até a idade adulta", lembra o Dr. Cesar Gomes Victora, pesquisador, professor da Universidade Federal de Pelotas e parceiro da Pastoral da Criança. Amamentar também traz benefícios para a mãe, ao reduzir os riscos de câncer de mama e ovário, e diabetes tipo 2.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Aleitamento materno: os benefícios continuam após o 1º ano

    Mãe amamentando criança de um ano

    Foto: Bruno Bralfperr

    O aleitamento materno traz inúmeros benefícios para as mães e os bebês. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o aleitamento deve ser exclusivo até o sexto mês de vida, isto é, o leite materno é o único alimento que o bebê deve receber, pois ele fornece todos os nutrientes necessários para um crescimento e desenvolvimento saudável. Além de fortalecer o vínculo entre mãe e filho, a amamentação diminui o risco da mulher desenvolver inúmeras doenças.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Informação e orientação para combater a febre nas crianças

    Criança com febre

    Foto: Peoplecreations / Freepik

    Apesar de não ser uma doença e sim um sintoma clínico de que o organismo está em processo de defesa contra uma infecção, a febre é um dos quadros que mais preocupa os pais. Acompanhar a evolução do quadro e os sintomas que a criança tem é essencial para diagnosticar a doença por detrás da febre.

Mais recentes