DSC05923

Alguns peixes, como o lebiste, o beta e o lambari, são um grande aliado no combate à dengue, pois eles comem as larvas do mosquito da dengue e de outros insetos. Um lebiste consegue viver até 10 anos em tanques e caixas d'água.

Para mais informações acesse nosso código de acervo clique aqui.

Conte uma história sobre este link clicando aqui.

Referências:

Pubmed[homepage internet]Survival of Betta splendens fish (Regan, 1910) in domestic water containers and its effectiveness in controlling Aedes aegypti larvae (Linnaeus, 1762) in Northeast Brazil.[acesso em 02 de fevereiro de 2016]. Disponível em:http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21054694

Pubmed[homepage internet]Reduced oviposition of Aedes aegypti gravid females in domestic containers with predatory fish..[acesso em 02 de fevereiro de 2016]. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19754521

Pubmed[homepage internet]Guppies as predators of common mosquito larvae in Malaysia.[acesso em 02 de fevereiro de 2016]. Disponível em:http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24968669

Pubmed[homepage internet]Community-based use of the larvivorous fish Poecilia reticulata to control the dengue vector Aedes aegypti in domestic water storage containers in rural Cambodia.[acesso em 02 de fevereiro de 2016]. Disponível em:http:http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18697316


nuvem 3