IMG 20180115 WA0008

Mais de 350 pessoas envolvidas na Campanha dos Pequenos Reis Magos realizada ao longo de 2017 se reuniram no domingo, dia 14 de janeiro, no Museu da Vida, em Curitiba, para celebrar os resultados.

As crianças, famílias, catequistas e membros de diversas paróquias de Curitiba e da Região Metropolitana representaram as mais de 390 Paróquias, de 70 Dioceses, localizadas em 23 Estados brasileiros, em que crianças e adolescentes vestidas de Reis Magos visitaram famílias durante o período do Advento para abençoar as casas e arrecadar recursos que intensificarão as ações da Pastoral da Criança de Guiné-Bissau, Moçambique, Haiti, Guatemala, entre outros países.

Em um primeiro momento, a Campanha almejava arrecadar, como contrapartida, ¼ do valor de 273.600 Euros doados pelas crianças da Alemanha para a Pastoral da Criança Internacional, por meio de um projeto com a Kindermissionswerk. No entanto, o Brasil tem se mostrado tão generoso que, ao invés disso, no montante, estamos próximos de arrecadar mais da metade do que as crianças alemãs estão doando. 

A celebração foi presidida por Dom Amilton, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Curitiba, que ressaltou para os Pequenos Reis Magos que "a visita deles é um anúncio vivo do Evangelho, comunica para as famílias que a vida tem sentido e que estamos todos consagrados para o céu". Segundo ele, cada vez mais crianças devem se engajar no projeto para que "por meio do testemunho delas, as pessoas sejam sensibilizadas para a vida em Cristo que é contribuir com as famílias que mais precisam".

IMG 20180115 WA0009Segundo a catequista Fernanda Grande, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, de Campo Largo, foram muitos os momentos marcantes durante as visitas. Em um dos dias da Campanha, ao visitar um doente que tinha acabado de voltar do hospital, onde passou por um transplante de rim, as crianças fizeram uma oração e abençoaram ele e sua casa. "Dias depois, o encontrei na rua e ele me disse que sentiu a presença de Deus no momento em que as crianças abençoavam sua casa. Para ele, a doação que deu foi bem pequena perto de toda a graça que recebeu com a visita dos Pequenos Reis Magos", relata Fernanda. Ela ainda contou que famílias evangélicas da comunidade pediram para receber a visita das crianças e contribuíram com a campanha, em um gesto de solidariedade lindo e ecumênico.

Os Pequenos Reis Magos também são tocados e aprendem com a experiência. "Ao participar da campanha, aprendi a importância de compartilhar e que dividir com quem não tem também é evangelizar", ressalta a pequena Ana Beatriz, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, do Uberaba.

Para a catequista Genilda, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Guatupê, "o que fica para as crianças que realizam a Campanha é o valor do serviço e a importância de sair da seu mundo e ir ao encontro do outro, seja nas visitas ou por meio do dinheiro que vai ser enviado para quem precisa".

Segundo Dr. Nelson Arns Neumann, Coordenador Internacional da Pastoral da Criança, “a campanha Pequenos Reis Magos é realizada por crianças e adolescentes que, levando à frente a estrela de Belém, marcam as casas por onde passam com a sigla “C+M+B” (em latim: Christus Mansionem Benedicat, que em português significa: “Cristo abençoe este lar”) e tem como objetivo levar a mensagem de paz do Evangelho e angariar recursos para salvar vidas através de ações da Pastoral da Criança em alguns dos países mais pobres do mundo, bem como despertar a solidariedade e o espírito missionário dos brasileiros”.IMG 20180115 WA0011

Para o Presidente do Conselho Diretor da Pastoral da Criança, Dom Anuar Battisti, “as pessoas são solidárias, mas precisam ser tocadas. Na campanha dos Pequenos Reis Magos as crianças atuam como missionárias e se sentem realizadas como cristãs e as famílias visitadas são motivadas a ajudar”. 

Essa demonstração de amor, solidariedade e esperança é uma experiência valiosa para os Pequenos Reis Magos: “A experiência e o valor desta campanha é indescritível.Ela marca a memória das crianças e das famílias, para sempre.Sendo um autêntico encontro pessoal com Jesus Cristo na iniciação Cristã dos catequizandos.Só tenho a agradecer a Senhor e a Pastoral da Criança por essa grande graça e alegria para os Pequenos Reis Magos e as famílias que abriram suas portas e acolheram Jesus nas Crianças”, disse o Padre Pedro Nilton Guarinão, assessor da Pastoral da Criança na paróquia de São Paulo Apóstolo, em Presidente Prudente (SP).

Lembrança

A celebração também recordou os oito anos de falecimento da Dra. Zilda Arns Neumann, fundadora da Pastoral da Criança, que faleu no Haiti em 12 de janeiro de 2010.

Fotos: Joka Madruga/Pastoral da Criança 



Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades

E-mail:*