Maos zero violenciaLogo após a cerimônia de lançamento, haverá uma discussão sobre o tema "Enfrentamento da violência a partir de investimento na primeira infância" com a participação de especialistas

A Pastoral da Criança participa de um programa, juntamente com a Conselho Episcopal Latina Americana (CELAM) e a World Vision, denominado "Centralidad de la Niñez".

Esta aliança inter-institucional está desenvolvendo uma campanha continental, em parceria com a Caritas América Latina e Caribe e a Associação Latinoamericana de Educação Radiofônica (ALER), denominada "Zero violência, 100% ternura”.

Está agendado para o dia 06 de outubro de 2017, a partir das 10h, o lançamento simultâneo da campanha "Zero violência, 100% ternura" e da nova exposição do Museu da Vida, denominada "Pastoral da Criança em Ação". 

Logo após a cerimônia de lançamento, haverá uma discussão sobre o tema "Enfrentamento da violência a partir de investimento na primeira infância" com a participação de especialistas, entre eles o secretário executivo do Departamento de Justiça e Solidariedade do CELAM, Elby Monsant; o promotor de justiça, Dr. Olympio de Sá Sotto Maior Neto e representantes da Pastoral da Criança.

A campanha "Zero Violência, 100% Ternura", que terá a duração de três anos, procura sensibilizar as famílias, escolas, igrejas e indivíduos para eliminar este flagelo, cujos números oficiais mostram que um em cada cinco homicídios na América Latina e no Caribe tira a vida de uma criança. A iniciativa pretende promover também a eliminação de outras formas de violência contra crianças, incluindo o trabalho infantil forçado, abuso sexual e castigo físico e humilhante na família.

Um dos objetivos principais da campanha, que já foi lançada no Equador, Venezuela e El Salvador, é posicionar a ternura como modelo de criação, envolvendo toda a sociedade na promoção de um tratamento de respeito e amor e condenando todas as formas de violência contra crianças.

Segundo Nelson Arns Neumann, Coordenador Internacional da Pastoral da Criança, “O principal caminho para acabar com a violência é o fortalecimento das famílias. Não apenas em relação ao acesso à informação sobre os cuidados com a criança, mas também seu empoderamento através de redes de famílias e comunidades que não somente exigem do Estado mas, principalmente, fazem o que está ao seu alcance”. Também ressalta a importância de “nos unirmos para acabar com a pior forma de violência: a pobreza”.

Sobre o Museu da Vida

O Museu da Vida abriu suas portas em dezembro de 2014 e se tornou uma nova opção de lazer e conhecimento em Curitiba. Com seis exposições internas e duas áreas de lazer ao ar livre, o Museu é uma iniciativa da Pastoral da Criança, criado para ser um espaço cultural, interativo, de encontros e de produção de saberes. Com ambientes de aprendizagem e acervo relacionados à promoção da saúde, à nutrição, à educação e à cidadania, ele retrata a história dos mais de 30 anos da Pastoral da Criança e de sua fundadora, Dra. Zilda Arns Neumann.

Preparado para receber de crianças a idosos, o Museu da Vida promove atividades específicas para grupos agendados previamente. Todo último domingo do mês, das 14h às 17h, acontece o evento “Vamos Brincar no Museu da Vida?”, em que pais e filhos participam de brincadeiras desenvolvidas para que toda a família possa se divertir junta. Diariamente há mediadores disponíveis para atender ao público.

Serviço:

Cerimônia de lançamento simultâneo da campanha "Zero violência, 100% ternura" e da nova exposição do Museu da Vida, denominada "Pastoral da Criança em Ação" 
Data: 6 de outubro de 2017
Horário: 10h
Local: Museu da Vida – Rua Jacarezinho, 1691, Mercês, Curitiba (PR)
Entrada e estacionamento gratuitos.

O Museu da Vida fica aberto à visitação todos os dias, das 8h às 19h, incluindo finais de semana e feriados (exceto entre Natal e Ano Novo).

www.pastoraldacrianca.org.br

https://www.pastoraldacrianca.org.br/museudavida/

Mais informações podem ser obtidas no site www.pastoraldacrianca.org.br, ou com Vanuza Santos Wistuba e Ligia Fumaneri- Departamento de Comunicação – (41) 2105-0210 - Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.