Índice de Artigos

1o PASSO: Um fato da Vida que nos faz pensar

Jesus pergunta pelo assunto da conversa daquele casal. (Lc 24,13-24)

Nós também vamos partir de uma situação que nos preocupa e nos faz pensar. Duas ou três perguntas são feitas para facilitar a troca de idéias em torno do assunto da vida. É para remexer o terreno que vai receber a semente da Palavra de Deus. Serve também para despertar a semente da Palavra de Deus que já existe dentro do terreno da nossa vida. Este fato da vida busca relacionar os círculos com os assuntos presentes no Guia do Líder da Pastoral da Criança. Por isso mesmo é bom fazer o encontro tendo lado a lado a Bíblia e o Guia do Líder.

2o PASSO: Um texto da Bíblia que ilumina a Vida

Jesus começou a clarear o problema da vida com a luz da Palavra de Deus.(Lc 24, 25-27)

Depois da troca de idéias em torno das coisas da vida, dos trabalhos relacionados com a Pastoral da Criança e com os trabalhos voltados para o acompanhamento da criança e da gestante, segue a leitura da Palavra de Deus. Esta parte tem os seguintes pontos:

1. Preparação:

Trata-se de fazer os participantes sentir que chegou o momento solene da leitura da Palavra de Deus. Por exemplo, todos podem ficar de pé, fazer um canto de aclamação, acender uma vela, fazer a entrada solene da Bíblia. O grupo deve ser criativo.

2. Introdução à leitura do texto:

Esta introdução deve ser lida antes do texto da Bíblia. Ela funciona como chave de leitura, pois procura chamar a atenção das pessoas para o ponto central do texto.

3. Leitura solene do texto:

O grupo pode ser criativo na maneira de ler. O importante é que o texto se fixe bem na memória de todos.

4. Momento de silêncio:

É para permitir que o texto seja assimilado pelos participantes. Também nos ajuda a refrear as pessoas mais afobadas, que logo querem dizer tudo sobre o texto.

5. Perguntas para reflexão:

As perguntas são sugestões. Servem para orientar a reflexão. Caso o grupo achar que o círculo tem perguntas demais, pode omitir algumas. O importante é alcançar o objetivo do Círculo Bíblico: ligar a Bíblia com a Vida e a Vida com a Bíblia! É aqui que se coloca o sal na comida. É importante criar um ambiente descontraído e amigo em que todos se sintam à vontade para falar ou para calar. Mas é bom que a palavra seja dada a todos e que ninguém fale demais, abafando a participação dos outros. Que seja uma experiência de verdadeira fraternidade.

3º PASSO: Celebrar e partilhar a Vida em forma de oração

Chegando em Emaús, rezaram juntos e Jesus partilhou o pão com eles.(Lc 24, 28-32)

Todo este exercício feito até agora serviu para escutarmos o que Deus tem a nos dizer. Agora chegou a hora de darmos nossa resposta a Ele, transformando em oração tudo aquilo que foi discutido e meditado durante o encontro. Oração exige criatividade! É importante que ela seja viva e espontânea. O roteiro traz apenas algumas sugestões. Cada grupo reze e ore de acordo com a inspiração do momento, advinda da partilha da Vida e da Palavra. Que seja uma oração conforme o desejo do coração. É bom rezar também um Salmo. O roteiro traz uma sugestão de salmo, mas o grupo também pode escolher um salmo de sua preferência, seja rezado, seja cantado.

4º PASSO: Voltar para casa e testemunhar a Vida nova

O casal reconheceu Jesus, recuperou a coragem e voltou para Jerusalém.(Lc 24, 33-35)

No final do encontro, o grupo é convidado a formular um compromisso a ser assumido por todos até o próximo encontro. Deve ser algo muito simples, mas bem concreto, dentro da nossa proposta pastoral de partilha a partir da economia do Reino. Uma pequena tarefa, possível de ser realizada por todos e que possa ser avaliada no início do próximo encontro. São compromissos que devem ajudar no propósito do construirmos juntos o Reino de Deus através de nossos trabalhos na Pastoral da Criança. No fim, encerrar a reunião com um Pai-nosso.

Preparar o próximo encontro

O bom êxito do Círculo Bíblico depende muito da maneira como ele é preparado pelos participantes. É bom que todos tenham lido em casa tanto o texto bíblico quanto a Ajuda para o grupo que se encontra após cada roteiro. É útil distribuir as várias perguntas entre as pessoas que participam, para que cada uma se esforce num determinado ponto e, assim, contribua com algo de si mesma para as descobertas de todos.

Ajuda para o grupo

Alguns roteiros podem trazer um pequeno subsídio com algumas explicações para ajudar o grupo a perceber melhor a ligação da Bíblia com a Vida. Em cada Ajuda insistimos em dois aspectos: 1) apresentamos um pequeno comentário ao texto estudado. É para entender melhor o texto bíblico e ajudar na interpretação; 2) oferecemos algumas pistas para o grupo compreender melhor a sociedade daquela época e como as comunidades resolviam seus problemas com a saúde, a criança, o parto, etc. Os participantes, sobretudo a dirigente ou o dirigente, podem ler antes esta Ajuda e, conforme a precisão do momento, dela se utilizar para resolver alguma dúvida ou para fazer avançar a discussão.

PRIMEIRO BLOCO