Índice de Artigos

Para atender melhor os clamores e desafios missionários que se apresentam em seu dia a dia, além das Ações Básicas de Saúde, a Pastoral da Criança, realiza duas ações complementares: Articuladores de Saúde e Brinquedos e Brincadeiras. 


 Brinquedos e Brincadeiras

O que fazemos

Esta ação tem como objetivo ampliar as oportunidades para as brincadeiras infantis apoiando as famílias na construção de um ambiente favorável ao desenvolvimento de suas crianças. E para isso pretende:

• promover a defesa do direito da criança de brincar por ser uma necessidade para o desenvolvimento infantil;

• incentivar e valorizar a brincadeira de livre escolha da criança: ela brinca pelo brincar e não para responder a um pedido, ordem ou objetivo do adulto;

• criar oportunidades para o resgate de brinquedos e brincadeiras característicos das diferentes regiões do país, estimulando a transmissão da cultura da comunidade;

• defender a criação de espaços nas comunidades para que as crianças brinquem juntas e ao ar livre em praças, parques, calçadas.

Como fazemos

Os brinquedistas são capacitados primeiramente no livro Guia do Líder e em seguida recebem uma capacitação específica na qual estudam e praticam os conteúdos do livro Brinquedos e Brincadeiras na Comunidade.

Uma vez capacitados, os brinquedistas vão preparar os brincadores. Estes terão o compromisso de atuar, principalmente, no Dia da Celebração da Vida, que acontece uma vez por mês nas comunidades. Eles poderão ser convidados a atuar também em outros momentos como nas “Ruas do Brincar” e nas Oficinas de Confecção de Brinquedos. Os brincadores podem ser, entre outras pessoas, adolescentes, jovens, mães e pais das crianças idosos e os apoios dos líderes. Eles não precisam morar na comunidade, nem ser capacitados no Guia do Líder.

Para tornar os momentos de encontro com as crianças ainda mais animados, a Coordenação Nacional da Pastoral da Criança monta um sacolão - conjunto de brinquedos, livros e lápis de cor-  entreguesnas comunidades que possuem brinquedista responsável por elas.

Dicas de brinquedos e brincadeiras.

Saiba mais.


Articulador de saúde

O que fazemos

Formamos articuladores a fim de fazerem a ligação entre os Conselhos Municipais de Saúde, os líderes e as famílias acompanhadas, contribuindo, assim, para a redução da mortalidade infantil e a melhoria das condições de saúde das crianças pobres e de suas famílias.

Como fazemos

Os voluntários da Pastoral da Criança que atuam como Articuladores junto ao Conselho Municipal de Saúde tem a missão de prevenir a mortalidade infantil e melhorar o acesso aos serviços de saúde. Uma das atividades é o estudo da história da morte de crianças menores de um ano no município, usando a metodologia do VER, JULGAR, AGIR, AVALIAR e CELEBRAR. Além disso os Articuladores:

• participam das reuniões mensais do Conselho Municipal de Saúde;

• reúnem-se mensalmente com a equipe da Pastoral da Criança;

• estudam a história da morte de crianças menores de um ano, acompanhadas ou não pela Pastoral da Criança;

• visitam as Unidades Básicas de Saúde e verificam a oferta da 1ª dose de antibiótico para crianças;

• enviam mensalmente a FAC-Saúde (Folha Mensal de Acompanhamento do Conselho Municipal de Saude)

Saiba mais: Resultadoswww.rebidia.org.brManual articulador de Saúde

 FACS UBS Antib BR Munic 2tri13